17/04/14

Convidei o blog [Sweet Gula]

Eis que chega mais um "Convidei o blog", desta vez, um blog escrito no masculino. Um blog que começou há relativamente pouco tempo, só fez um aninho há poucos dias e já está tão recheado de coisas boas. Falo do blog do Célio Cruz, o Sweet Gula. Um blog carregadinho de coisas boas, principalmente docinhas, ou não fosse o Célio um guloso confesso. Sigo o blog do Célio há alguns meses, há sempre um bolinho ou docinho novo para deliciar a vista! O Célio partilha no dia-a-dia um bocadinho da sua vida, experiências, algumas tradições e a sua imensa paixão pela cozinha.

O tema continua a ser "receitas [quase] sem culpa" e para tal, o Célio preparou um bolo com um aspecto magnífico feito com beterraba e sementes. Para o tornar mais saúdável trocou a manteiga pelo óleo de girassol e o açúcar refinado por açúcar mascavado. A beterraba, como já publiquei aqui, para mim foi uma descoberta recente e também já a experimentei em bolo, asseguro que fica uma delícia. Quanto ao lindo bolo do Célio, resta-me apresentar a receita e ficar a imaginar a sua textura e sabor! Com certeza que é uma maravilha, pois o Sweet Gula já deu provas disso.


Bolo de Beterraba e Sementes
(receita adaptada do programa Nigel Slater´s Simple Suppers de Nigel Slater)

Ingredientes:
Bolo
225 gr de farinha c/ fermento
1/2 colher (de chá) de bicarbonato de sódio
1 colher ( de chá) de fermento
1/2 colher (de chá) de canela
180 ml de óleo de girassol
225 gr de açúcar mascavado
3 ovos
150 gr de beterraba cozida
sumo de 1/2 limão
75 gr de tâmaras em pedaços
75 gr de sementes (usei 25gr. de girassol + 25gr. de abóbora + 25gr. de Mix Omega 3 da Fold -linhaça/cânhamo/chia)
Glacé
8 c. (sopa) de açúcar em pó
sumo de limão


Preparação:
Pré aqueça o forno a 180ºC.

Peneire a farinha com o bicarbonato, o fermento e a canela e reserve. Numa taça, bata o açúcar com o óleo e aos poucos, vá adicionando as gemas, uma a uma, batendo sempre. Reserve as claras

Rale a beterraba e adicione-a à mistura anterior, juntamente com o sumo de limão, as tâmaras em pedacinhos pequenos e a mistura de sementes. Bata até todos os ingredientes ficarem bem ligados. Adicione a farinha, o bicarbonato, o fermento e a canela e bata a uma velocidade baixa, apenas para envolver.

Bata as claras em castelo e adicione-as à massa, envolvendo delicadamente com uma espátula. Verta a massa numa forma forrada com papel vegetal e leve ao forno a cozer cerca de 50 a 55 minutos. Ao fim de 30 minutos, tape o bolo com uma folha de papel de alumínio para não queimar. Faça o teste do palito antes de remover do forno.

Retire e deixe arrefecer dentro da forma cerca de 20 minutos e só depois desenforme e deixe arrefecer completamente.

Para o glacé, vá adicionando gradualmente sumo de limão ao açúcar em pó, até atingir a consistência desejada. Decore o bolo a gosto com o glacé.


E como é da praxe, vamos agora conhecer um bocadinho mais sobre o Célio e o seu blog.

BI do Blog: 
Criado por Célio Cruz em Outubro de 2012, mas apenas tornado público em 01 de Abril de 2013

Como nasceu o Sweet Gula?

O Sweet Gula nasceu da vontade que tenho em partilhar as receitas que vou confecionando. Porque mais do que comer, para mim cozinhar é um prazer. E poder partilhar os meus pratos com familiares, amigos e conhecidos é algo que me deixa feliz. Sempre gostei de cozinhar, e o mundo da cozinha sempre me fascinou. Lembro-me de ser pequeno e recortar das revistas que a minha mãe comprava, as imagens das receitas e com elas fazia colagens e criava os meus cadernos de receitas.

Mais tarde surgiu a internet e com ela vieram os blogs. Comecei por seguir alguns cujas receitas me fascinavam e tentava recriá-las em casa. Tinha um blog pessoal, onde cheguei a partilhar algumas receitas minhas e reparei que haviam pessoas que iam lá comentar e queriam saber mais sobre a dita receita. Então pensei “porque não criar o meu caderno de receitas online?!”, e foi assim que decidi criar o blog. Surgiu numa altura em que eu necessitava de algo que me ocupasse os tempos livres, que ao mesmo tempo me deixasse realizado e que gostasse mesmo de fazer. Acho que foi uma decisão certeira, pois o blog em apenas um ano cresceu muito e também eu aprendi bastante e tenho enriquecido com ele, como ser humano.

Quem é o Célio fora do blog?

Fora do blog, sou militar de profissão. Ingressei na Marinha há 16 anos atrás e lá resolvi ficar e fazer carreira. Especializei-me em Eletrotecnia, especialidade que sempre exerci mas mais tarde ingressei na área de aeronáutica e hoje trabalho exclusivamente com os helicópteros da Marinha como Técnico de Manutenção. É uma unidade pequena com cerca de 200 pessoas, onde algumas delas são provadoras das minhas experiências culinárias. Sabe bem chegar ao trabalho de manhã e antes de um “bom dia” ouve-se um “trouxeste bolo?”. Claro que o “bom dia” vem logo a seguir. 

Gosto e tenho orgulho na minha profissão, mas cada vez mais tenho a certeza que se tivesse enveredado pelo mundo da culinária, se calhar sentir-me-ia muito mais realizado.
Sou casado há dez anos e cá em casa sou eu que mando na cozinha (lol). Adoro chegar a casa e ir cozinhar, experimentar receitas novas e novos ingredientes.
Para além disso, gosto de ler, viajar e fotografar. Para onde quer que vá a máquina fotográfica vai sempre atrás, se bem que com o aparecimento dos smartphones, por vezes ela é substituída.

O que gostas mais de cozinhar?
Gosto de cozinhar um pouco de tudo, mas onde me sinto mais confortável e o que me dá realmente prazer cozinhar, são os doces e as sobremesas. Talvez porque desde criança, ajudava a minha mãe a fazer os bolos, naquele tempo ainda sem batedeira ou outros acessórios mais sofisticados. E todo aquele processo de misturar ingredientes, o levedar, ir ao forno e no final sentir aquele cheiro inebriante a bolo quentinho, acabado de fazer, me fascina. Sou guloso por natureza, gosto de tudo o que seja doce, sem exagerar, claro. Mas também gosto muito de fazer pratos principais, com os legumes frescos que chegam da horta do meu sogro, são mais saudáveis e por isso me dão mais prazer confecionar e comer.

Alguma historia relacionada com a cozinha?
Algumas, sim. Lembro-me por exemplo de ser pequeno, estar sozinho em casa e tentar fazer um bolo. O bolo não cresceu e ficou pegado à forma, partindo-se ao desenformar. Frustrado, dei a comer o bolo ao cão, para não ser descoberto. Mas as histórias que mais gosto de recordar são os momentos de partilha, às refeições, com a família toda reunida em volta da mesa, enquanto comíamos uma bela sopa feita ao lume numa panela de ferro que a minha mãe tinha. Ou as torradas que ela fazia, aproveitando o calor das brasas e que me dava a provar, untadas de azeite. Lembro-me também do cheiro do pão, cozido em forno de lenha e que eu comia com prazer, untado com manteiga.

Uma situação actual, relacionada com a cozinha, é o facto de a minha esposa ir aos arames comigo, pelo número de acessórios e peças de louça desirmanadas que eu vou acumulando em armários e prateleiras por toda a casa. Com o blog, incrementei o gosto pela fotografia e com alguma frequência vou adquirindo peças de louça usada em feiras de velharias e lojas de especialidade.

País ou viagem mais marcante [ou de sonho]?

País para viver adoro o nosso. Tive a oportunidade de emigrar, mas achei que nunca trocaria o nosso clima, o nosso sol, as nossas praias por nada deste mundo. Para além de que temos um país lindíssimo para passear e conhecer. Adoro “perder-me” pelas aldeias de Portugal e conhecer as gentes que aí habitam, bem como a gastronomia de cada região. 

O país que, sem dúvida mais gostei de conhecer, foi a Noruega. É um país lindíssimo, tive o privilégio de navegar pelos fiordes noruegueses e a sensação é fantástica. Cenários que estamos habituados a ver apenas em filmes e que custa a acreditar que estamos ali a viver aquele momento. Também gostei muito de visitar a cidade de Bruges, na Bélgica. Uma cidade encantadora, pitoresca e toda ela recortada por canais e rios que nunca mais acabam. Gostava de visitar Praga e um dia ir à Tailândia.

Espero que tenham gostado! Eu gostei muito de ter partilhado convosco mais um dos meus blogs preferidos ♥

Seguir também em: Facebook | Pinterest | Instagram | Bloglovin

8 comentários:

  1. Uma excelente escolha, gosto muito do blog do célio onde me perco com as deliciosas receitas e fotos sempre maravilhosas.
    Achei o bolo lindo e com um interior delicioso
    bjs

    ResponderEliminar
  2. Adorei, adorei tudo, desde a receita à entrevista muito engraçada feita ao Célio. É um dos meus blogs preferidos e presumo que seja uma pessoa muito interessante de conhecer. Quem sabe um dia né Célio???
    Bjokas
    Rita

    ResponderEliminar
  3. É realmente um blog cheio de receitas docinhas e saborosas! As fotos são fantásticas e a apresentação das receitas irrepreensível. È bom conhecer o Célio mais um bocadinho, o qual parece ser uma pessoa apaixonada pelo que faz!
    beijinhos e BOA PÁSCOA

    ResponderEliminar
  4. Uma receita de deixar água na boca (como sempre, aliás)...e uma entrevista fantástica, que deu a conhecer um bocadinho mais do Célio que existe por detrás daquele fabuloso blog de culinária :)
    Parabéns mais uma vez pela iniciativa :)
    Beijinhos *
    Vânia

    ResponderEliminar
  5. De facto, o Célio tem um blog fantástico. Esta receita é mesmo uma tentação!
    Parabéns pela rubrica que permite divulgar blogs deliciosos!
    Beijinho!

    Sílvia
    http://bocadinhosdeacucar.blogspot.pt/

    ResponderEliminar
  6. Está excelente ;) Beijinhos :* <3

    ResponderEliminar
  7. Que bolo bom, adoro usar beterrabas em bolos.
    Mais um excelente convidado na tua rubrica :)
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  8. Está com um aspecto divinal ;)

    viagemdoceviagem.blogspot.com

    ResponderEliminar