04/08/08

Litão à moda de Olhão

O litão é um peixe seco muito consumido na zona de Olhão para a ceia do Natal. Como o Natal é sempre que o homem quiser, ontem foi dia de Litão cá em casa....


Ingredientes (para 6 pessoas)

350 gr de litão seco
1 kg de batatas
4 cebolas
4 dentes de alho
2 pimentos verdes
1 folha de louro
4 tomates maduros
0,5 dl de azeite
sal e pimenta qb

Preparação

1. Lavar o litão e deixar a demolhar durante 1 dia com um pouco de sal.

2. Cortar as batatas e a cebola em rodelas, o pimento e o tomate sem pele nem sementes, em cubos. Picar os dentes de alho e a salsa. Cortar o litão em pedaços pequenos.

3. Num tacho, colocar um pouco de azeite e depois dispor em várias camadas sequenciais: 1º - a cebola, os dentes de alho, a salsa, o pimento, os tomates, a folha de louro; 2º - as batatas às rodelas; e por último, o litão. Repetir esta sequência 2 a 3 vezes.

4. Temperar com sal e pimenta, acrescentar um bocadinho de água, tapar o tacho e deixar cozer.

5. Servir de imediato.


Mais sobre o litão....
O nome mais usual em Portugal é leitão mas em Olhão é chamam-no litão. Em inglês denomina-se blackmouth catshark, em francês chien espagnol, e em espanhol, pintarroja bocanegra.

Trata-se de um pequeno tubarão parecido com a patarroxa que se distribui pelo Mediterrâneo, e Atlântico Oriental, desde as ilhas Faroe ao Sul do Senegal, incluindo os arquipélagos da Madeira e Canárias.

É uma espécie de profundidade que se pesca por arrasto do fundo ou com aparelhos de anzol, entre os 200 e os 500 ou mais metros.

O peixe é geralmente aberto, passado por um pouco de sal e posto a secar ao Sol por 4 ou mais dias (dependente da radiação). Depois é guardado alguns meses até ser consumido. A pele seca era antigamente utilizada para lixa.
Antes de ser consumido tem de ser demolhado durante cerca de 1 dia.
É muito apreciado na zona de Olhão, sobretudo como substituto do bacalhau no jantar da noite da consoada.


Um agradecimento especial ao amigo Eurico.

7 comentários:

  1. Estão uma verdadeira máquina de fazer comida. Não querem abrir um restaurante aqui na Marina. Continuem, pois estou a gostar de ver..
    Cumprimentos do amigo Johnny

    ResponderEliminar
  2. Nunca comi litão... em Olhão costumo vê-los a secar perto do mercado... Tenho que experimentar...

    ResponderEliminar
  3. Oi Rute, nunca vi nem ouvi falar do Litão, e isso que estou tão pertinho de Olhão!!!!

    Acho que vou pesquizar mais sobre o assunto...

    ResponderEliminar
  4. Olá

    Só para avisar que as incrições para o desafio entre blogues culinários estão abertas.

    Vamos lá!

    www.maonamassablogue.blogspot.com

    ResponderEliminar
  5. Oi!

    Os pares para o desafio de setembro já sairam.

    Obrigada

    Boa sorte!

    ResponderEliminar
  6. Anónimo6/9/09

    Ola a todos os Olhanences,
    Sou filho de Olhao e tenho sempre saudades do bom peixe e mariscos fresco que o descanssado do meu pai trazia quando ia ao mar. Eu disia sempre que nao havia melhor peixe no mundo do que de Olhao.
    O xarem que eu comia em casa e que muitas vezes eu proprio cozia nao tm nada a ver com as novas receitas de hoje embora admita que os tampos sao outros e a cozinha tradicional foi adaptada por mestres cozinheiros com ideias novas, muitas vezes trazidas de escolas estrangeiras que nao tem nada a ver com o Algarve e particularmente com Olhao.
    Ainda tenho ai muita familia mas com os tempos e por rasoes diversas os nossos contactos sao espassados.
    Viva Olhao

    ResponderEliminar
  7. Muito bom, foi surpresa positiva quando comi pela 1ªvez, não que seja manjar dos Deuses, mas dos Reis será de certeza..

    ResponderEliminar