19/07/13

Doce de morango


Tenho uma relação estranha com os morangos.... Gosto mais ou menos de morangos frescos, só gosto se não tiverem demasiado maduros nem com partes ligeiramente mais moles (não sei explicar). Gosto com açúcar e com iogurte grego. Não gosto e nem posso com o cheiro de iogurtes de morango, odeio! Os homens cá da casa, adoram iogurtes de morango! Mas se for um smoothie de morangos frescos com iogurte natural, já gosto!! 

Estranhamente, o meu doce preferido, é de morango. E o que eu gosto de doce de morango... Ui, é demais. Como gosto mais é, combinado com pão ou tostas com queijo creme, uma delícia! Este doce ficou uma maravilha, e como deu para vários frascos, tenho doce para recheios para os próximos tempos!

Este doce foi feito há umas semanas, mas ainda não tinha tido oportunidade de o colocar aqui. Ainda há morangos, mas poucos, espero que quem quiser experimentar ainda encontre dos bons!

Doce de morango e baunilha

Ingredientes:
2 kg de morangos (depois de selecionados e arranjados ficou em 1,4kg)
850 gr de açúcar 
1 vagem de baunilha
sumo de 1/2 limão
1 pau de canela

Preparação:
1. Arranjar os morangos e cortar ao meio, colocá-los numa panela juntamente com o açúcar, envolver bem. Raspar as sementinhas do interior da vagem da baunilha, juntar aos morangos com a restante vagem e o pau de canela. Levar ao lume, mexendo de vez em quando, até levantar fervura. Reduzir o lume, deixar cozinhar lentamente até obter a consistência pretendida. Fazer o teste do ponto de estrada (colocar um pouco de doce no prato, deixar arrefecer e passar o dedo, se o doce não unir, está no ponto.

2. Retirar a vagem da baunilha e o pau de canela, triturar bem com a varinha mágica (eu gosto mais assim, mas para quem prefere com pedacinhos, pode apenad triturar grosseiramente) . Levar ao lume novamente com o sumo de limão. Deixar levantar fervura novamente, desligar e reservar.

3. Colocar o doce ainda bem quente em frascos esterilizados*, fechar bem e colocar virados para baixo durante 30 minutos para criar vácuo (em alternativa, é possível encher os frascos quando o doce estiver frio e fervê-los numa panela com água durante alguns minutos). Virar os frascos e guardar em lugar fresco e seco. 

O doce dura imenso tempo, quando armazenado em vácuo. Ficamos com reserva de doce para servir com pãozinho, queijo, panquecas, recheios e sobremesas. Humm :)

*Para esterilizar fiz assim: fervi os frascos num tacho com água e depois coloquei a secar sobre um pano de algodão. É um processo simples e muito eficaz. Os frascos secam rapidamente. Esta dica vi aqui
Os frascos tento usar os que vou guardando de compotas compradas. 

(a receita seguida foi um misto do que vi pelos vários blogs, nomeadamente este e este)


Cozinha Fresh também no FacebookPinterest e Instagram.
  

5 comentários:

  1. Também gosto muito de doce de morango, mas o meu preferido é mesmo o de laranja ;)

    Beijinhos e tem um bom dia :)

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Os meus preferidos são de morango e de framboesa!! :)

      Eliminar
  2. Adoro com queijo de cabra numas tostinhas....Mas frescos não os consigo comer, faz confusão na boca....Somos esquisitas????Talvez!!!
    O teu doce tem uma textura sedosa e luxuriante....Levo o queijinho????

    Bjoka
    Rita

    ResponderEliminar
  3. Adoro doce de morango e baunilha, ficou lindo Rute!!
    Eu adoro morangos, em saladas, em batidos, em taças com cereais e iogurte natural, em compota e curiosamente não gosto em iogurtes, principalmente dos de aroma de morango :) é um fruto lindo!
    Um beijinho.

    ResponderEliminar
  4. Adoro doce de morango e esse ficou maravilhoso!
    Bjs

    ResponderEliminar